Xinhua – Diario de Pernambuco

A maior agência de notícias da China e um dos principais canais para conhecer o país

China divulga primeiro lote de dados de fótons gama do explorador de matéria escura

Beijing – A China divulgou o primeiro lote de dados de fótons gama obtidos pelo Explorador de Partículas de Matéria Escura (DAMPE, na sigla em inglês), informou nesta quarta-feira o Science and Technology Daily.

O Centro Nacional de Dados de Ciência Espacial (NSSDC, na sigla em inglês) e o Observatório da Montanha Púrpura (PMO, na sigla em inglês) da Academia Chinesa de Ciências emitiram na terça-feira os dados científicos coletados pelo DAMPE, também conhecido como Wukong ou Rei Macaco.

Segundo o PMO, a plataforma de satélite e a carga útil de Wukong estão funcionando normalmente. Ele concluiu a varredura de céu inteiro 11 vezes e coletou cerca de 10,7 bilhões de casos de raios cósmicos de alta energia, obtendo os resultados de medição mais precisos de elétrons de raios cósmicos, prótons e núcleos do hélio acima da região de energia de trilhões de electrões-volt.

Os dados divulgados foram registrados de 1º de janeiro de 2016 a 31 de dezembro de 2018, incluindo 99.864 casos de dados de fótons gama e 1.096 recordes de arquivos de status de satélite relacionados. Todos podem ser acessados do NSSDC e do PMO.

De acordo com os dois órgãos, eles vão divulgar mais dados científicos de fótons gama, realizar análises de dados e desenvolver tecnologias e ferramentas de aplicação.

O Wukong foi lançado em 17 de dezembro de 2015, com objetivo de observar os espectros de energia de elétrons de alta energia, incluindo pósitrons e raios gama no espaço para encontrar evidências da existência de partículas de matéria escura. Também conduziu pesquisas sobre a origem da astronomia de raios cósmicos e raios gama.

A carga útil de Wukong tem quatro partes, um detector de matriz de cintiladores de plástico, um detector de matriz de silício, um calorímetro e um detector de nêutrons. Tem resolução de energia extremamente alta na observação de raios gama e deve estudar melhor a matéria escura.

Agência Xinhua

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo