Xinhua – Diario de Pernambuco

A maior agência de notícias da China e um dos principais canais para conhecer o país

Montadoras e especialistas globais pedem cooperação em veículos de nova energia

Haikou – As principais montadoras e especialistas do mundo pediram uma cooperação mais intensa no campo dos veículos de nova energia para alcançar o objetivo de neutralidade de carbono.

Ao discursarem no 3º Congresso Mundial de Veículos de Nova Energia (WNEVC, em inglês), os participantes internacionais afirmaram que, como a China é o maior mercado automotivo do mundo, eles estão dispostos a trabalhar com parceiros chineses para lutar contra a mudança climática em prol de um mundo limpo e bonito.

Com o tema “Promover de forma abrangente a mercantilização, acelerar a integração entre as indústrias e alcançar conjuntamente a neutralidade de carbono”, o evento de três dias foi realizado em Haikou, capital da Província de Hainan, no sul da China, de 15 a 17 de setembro.

John Edwards, Comissário Britânico do Comércio para a China, disse que ele incentiva que mais empresas chinesas explorem oportunidades de colaboração com o Reino Unido e ajudem a moldar o mercado de baterias e de veículos de nova energia.

“Tanto a China quanto o Reino Unido têm planos detalhados para veículos com emissão zero. Acredito firmemente que, por meio de intercâmbios e cooperação como neste evento, podemos acelerar a inovação e promover um ambiente de sucesso para cumprir os nossos objetivos de veículos com emissão zero”, disse Edwards.

Como uma empresa que opera no mercado chinês há décadas, a BMW expressou seu apoio à transição verde da China.

A montadora alemã anunciou que fornecerá mais veículos com emissão zero para o mercado chinês e ampliará a escala das estações públicas de recarga através da colaboração com empresas chinesas. A BMW está forjando uma cooperação com gigantes tecnológicos chineses para ajudar as startups em inovações tecnológicas, disse o diretor de desenvolvimento da BMW, Frank Weber, em um discurso por vídeo.

A fornecedora global de sistemas automotivos ZF montou cerca de 50 empresas de manufatura e quatro centros de pesquisa e desenvolvimento em mais de 20 cidades da China.

Holger Klein, membro do conselho de administração do ZF Group, disse que a empresa continuará aprimorando suas capacidades de inovação e desenvolvimento e promovendo a manufatura digital para o mercado chinês de veículos de nova energia, além de contribuir para o desenvolvimento sustentável e a mobilidade da próxima geração da China.

Observando que a China é o maior mercado de veículos elétricos, Hans Georg Engel, vice-presidente executivo sênior da Daimler Greater China Ltd., disse que a empresa estabelecerá um centro de pesquisa e desenvolvimento em Beijing com mais de mil engenheiros e continuará investindo na China para tornar suas capacidades de pesquisa mais notáveis.

Especificamente, a Daimler se concentrará na pesquisa e desenvolvimento de carros elétricos e tecnologias de bateria para fornecer produtos personalizados para atender à demanda dos consumidores chineses, acrescentou.

A montadora alemã Volkswagen planeja construir 17 mil postes de carga de alta potência na China antes de 2025 e 32 mil até 2030, de acordo com Liu Yunfeng, vice CEO do Volkswagen Group China, observando que alcançar a neutralidade de carbono requer esforço de todos os países do mundo.

As observações de Liu foram ecoadas por Carlos Manuel Rodriguez, CEO do Global Environment Facility, que pediu uma cooperação intensiva em termos de tecnologias e mercados para ajudar no desenvolvimento da indústria de veículos de nova energia nos países em desenvolvimento.

Agência Xinhua

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo